Blog is a losing game.


Rio 2016 – Conseguimos, mas pelos motivos certos?

olimpiada_mauriciodesousa

A resposta que todos esperavam veio hoje: o Rio de Janeiro se tornou oficialmente a sede das Olimpíadas de 2016. Fico feliz quando minha cidade conquista algo importante, mas eu não era a favor dessa candidatura.

Eu gosto muito de Olimpiadas. E ter a chance de vê-las assim, de tão perto é uma satisfação para qualquer amante do esporte. Porém, o principal problema dessa candidatura é o excesso de promessas que foram necessárias para que esse evento viesse para as nossas mãos. O nosso governo pensa da seguinte forma: “Vamos conquistar a candidatura pra gente, depois a gente vê como faz pra ajeitar a cidade”. Não deveria ser o oposto? Dar condições básicas para o Rio, em termos de saúde, educação, transporte,  incentivo para o turismo e sistema hoteleiro. e assim se candidatar a um evento tão grandioso? Porque as grandes mudanças são estimuladas pelo vislumbre da visita de turistas e atletas que vão passar duas semanas na cidade e só daqui a 7 anos, quando na verdade os cariocas precisam de mudanças pra ontem?

Os papéis se invertem nesse caso, mas já que conseguimos, nos resta torcer pra que o Rio só melhore. Estamos cansados de degradação e constantes situações de aperto.

Anúncios

Yes, We Have Kombis

O melhor passeio pelo subúrbio carioca. Se você não conhece, vale muito a pena a ver.


Little Joy @ Circo Voador – 14/08/2009

Uma virose sem explicação e assim se perde um show mais do que esperado. Foi assim que eu perdi o primeiro show do Little Joy da extensa turnê que eles fizeram no começo do ano. Quando pensei que levaria pelo menos mais um ano para ter a portunidade de vê-los ao vivo de fato, eis que confirmam novos shows no Brasil. Dessa vez, tive o prazer de ir, e saudável.

Os shows de abertura – Adam Green e The Dead Trees – se limitaram a essa categoria. Adam Green foi o primeiro, que tentou conquistar fazendo danças sem noção. Uma pessoa muito simpática queeu pude conhecer antes do show, mas a maioria dos presentes na Fundição sequer o conheciam. O mesmo acnteceu com o Dead Trees, formado por dois músicos que fazem parte da banda de apoio do Little Joy. São bons músicos, fato que pode ser constatado no Myspace deles.

CIMG1887

O principal show da noite conseguiu atingiu as minhas expectivas. O show foi bem curtinho, mas eles conseguiram manter o interesse, colocando músicas novas e outros covers no Set.

Next Time Around

How to hang a warhol

Os dois covers da noite foram muito bem executados: Procissão, uma música de Gilberto Gil e Midnight Voyage, da banda The Mammas and The Papas que ficou ótima na voz da Binki.

No encerramento, todos subiram ao palco para cantar Brand New Start. É visivel a felicidade que eles tem de tcar aqui no Brasil e foi visível que o público também adorou.

Set List

IMG019


Michel Melamed em cartaz no Rio

Aos que vivem ou estejam no Rio em junho, uma ótima dica teatral. O faz-tudo Michel Melamed retorna com seus espetáculos no Teatro Sesc Ginástico, no Centro do Rio de Janeiro. O autor volta com seus monólogos críticos e com forte interação do público.

Confira a descrição de cada um deles,  lá do site do Sesc. Escolha um, ou vá em todos, como eu pretendo fazer.

michel melamed_trilogia

. 11 a 14/6 – Regurgitofagia – Uma crítica radical e bem-humorada à contemporaneidade. A partir de procedimentos da antropofagia Oswaldiana em novo manifesto e de uma interface tecnológica, as reações sonoras da platéia – risos, aplausos, tosses etc – são captadas por microfones e transformadas em descargas elétricas sobre o corpo do a(u)tor.

. 18 a 21/6 – Dinheiro Grátis – Leilões, debates, compras e vendas: os diversos valores, das relações e pessoas aos objetos e situações. Se tudo tem um preço e o ser humano é tratado como mercadoria, aqui, então, o dinheiro será tratado como gente. Abram seus corações, bolsas e bolsos, e façam suas apostas: o show tem que continuar?

. 25 a 28/6 – Homemúsica – A trajetória de Helicóptero, um jovem brasileiro com um dom único: cada parte do seu corpo movimentada com precisão emite o som de um instrumento musical. Ele é o homem-orquestra, o Homemúsica.

5a a domingo, 19h. R$ 5 (com.), R$ 10 (est., id.), R$ 20, R$ 30 (comprando o pacote dos três espetáculos).

Classificação: 16 anos.


Oasis @ Rio de Janeiro (07.05.2009)

A turnê do Oasis em terras brasileiras começou com o pé direito.  O show no Rio de Janeiro ontem conseguiu agradar tanto os fãs antigos quanto os mais recentes. É dificil uma banda com tantos cds lançados reunir uma coleção de hits que sintetize sua carreira, apesar de que sempre tem aquela música que a gente quer ouvir mas a banda não toca (e no caso deles são várias!) mas deu pra sair bem feliz do Citibank Hall.

O set list não teve nenhuma variação. Foi idêntico ao dos outros shows da América Latina. Fuckin´in the Bushes deixou a galera ligada e logo depois já vieram os Hits  Rock and Roll Star e Lyla. Ninguém ficou parado e o coro foi incrível!

Os irmãos Gallaghers e companhia deram bastante importância as músicas do album mais recente, o Dig out Your Soul lançado ano passado. 6 das 11 músicas desse disco mais recente foram tocadas ontem.

Supersonic

O show foi encerrado com o cover mais que manjado de I am the Walrus, que é minha música favorita dos Beatles. E apesar dos pedidos, não teve Live Forever. Acho que não rola em nenhum por aqui. Mais um grande show que eu tive a oportunidade de ver.

Não posso esquecer de comentar o show de abertura do Cachorro Grande. Tocaram por volta de uma hora, então se dedicaram aos hits e tiveram a participação do Samuel Rosa, vocalista do Skank, para dois covers do Beatles. Mandaram bem, se mostraram super animados por estar abrindo o show de uma influencia nítida deles e acabaram conseguindo animar a plateia antes do show principal da noite.

você não sabe o que perdeu


A (difícil) tarefa de ler jornal do Rio de Janeiro

A cada dia que passa fica dificil ver as capas dos jornais e não se indignar com o que a gente lê. Hoje eu tivesse sentimento duas vezes.

Capa do jornal Extra de hoje (05 de maio)

capa_610

Em um primeiro momento, a manchete até pode dar a entender de que isso poderia se aplicar a nós, que trabalhamos pra se manter nessa cidade. Mas eles não fariam isso com a gente; é claro que eles estão querendo cortar o trabalho DELES. E ainda querem receber por isso.

Agora a capa do jornal O Dia, tambem de hoje:

odia_0505

O melhor exemplo da máxima “o barato que sai caro”.

Eu não sei o que passa na cabeça de um ser humano em fazer tal coisa com um semelhante. Usar super bonder para fechar uma cirurgia, como se o paciente fosse um boneco de plástico? Os seres humanos me chocam cada vez mais.


Um post sobre as Barcas e seu serviço medíocre.

Quem mora na cidade Niterói,  conhece bem o perrengue: aqueles que trabalham/estudam no Rio ou precisam chegar à terra de Arariboia (eu inclusa) e dependem do transporte público para se locomover têm duas opções:  ou encara o trânsito no estilo devagar-e-sempre da ponte Rio-Niterói ou  vai em direção à estação das Barcas.  Só que fazer isso na famosa hora do Rush pede paciência do usuário.

Ontem, devido ao aumento da demanda por causa do feriado prolongado, as embarcações não foram suficientes, causando filas ainda mais quilométricas do que de costume para o embarque. O pessoal ficou nervoso com o tratamento dispensado e rolou um quebra quebra.

tumulto_barcas

Foto: Jornal O Dia

Óbvio que eu não apoio esse tipo de coisa, é até um pouco compreensível a revolta do povo. A Barcas S/A é uma tristeza. A precariedade do serviço é vergonhosa: poucas embarcações, barcas abarrotadas de gente e filas gigantescas no embarque. O que me espanta é que na hora de aumentar o preço do serviço eles não fazem nenhuma cerimônia.

Tudo o que nos resta agora é esperar algum tipo de intervenção do Governo do Estado sobre esse problema, que pelo que vimos ontem, está muito longe de acabar.


Oasis no Multishow + Kooks em São Paulo

oasis290

Para quem não vai poder ir ao show dos carinhas do Oasis, fica o consolo de ver pelo menos um show deles na TV:  O Multishow vai transmitir o show do Rio de Janeiro, que acontece dia 7 de maio. Provavelmente vai ser nos moldes do Just a Fest com algum atraso, e não ao vivo.

A iniciativa é ótima, mas poderia ser o show na íntegra né? no Just a Fest eles interromperam o show para passar 20 minutos ao vivo do BBB, quebrou todo o clima de que tava assistindo! O show completinho ia ser mil vezes mais legal, um bootleg pra quem fã guardar de lembrança. E podia ter o show do Cachorro Grande também, não seria má ideia.

kooks

E mais um show gringo confirmado por aqui: os ingleses doThe  Kooks tocam em São Paulo dia 19 de junho. Ingresso a venda a partir do dia 14 de abril. Corra!

Mais um show que, ao que tudo indica, fica só em uma cidade. Acho que eles mereciam um showzinho aqui no Rio ou pelo menos em alguma cidade do Sul para descetntralizar um pouco as atividades culturais de São Paulo.  Os paulistas vão me odiar, mas fazer o que? 🙂


Ato público pela obrigatoriedade do diploma de jornalista

Recebi por email de vários professores da faculdade, divulgando esse ato público para que a obrigatoriedade do diploma de jornalista seja mantida.

A manifestação vai acontecer amanhã, dia 31 de março, a partir do meio- dia na Cinelândia, aqui no Rio de Janeiro. No dia 1º de abril o STF vai julgar o recurso que bota em discussão sobre o diploma.


Just A Fest (RJ) – Kraftwerk

O show do Kraftwerk foi diferente, para dizer o mínimo. Não sou uma pessoa que acompanha bandas mais puxadas pro eletrônico e nem tive muito tempo pra conhecer o quarteto. Mas pelo que eu vi no show, vários elementos das músicas deles podem ser vistas em bandas de rock atuais.  Os caras continuam influenciando os mais jovens, e o show valeu por isso.

The Robots


Oasis confirmado!

oasis3g1

Mais uma banda de peso confirmada para a leva de shows internacionais de 2009: o Oasis faz 4 shows em nossas terras em maio. As datas já estão no My Space ofical da banda.

RIO DE JANEIRO – Citibank Hall – 7th May
SÃO PAULO – Arena Anhembi – 9th May
CURITIBA – Pedreira Paulo Leminski – 10th May
PORTO ALEGRE – Gigantinho – 12th May

As vendas começam no dia 20 para clientes Citi e dia 27 de março para o público. Acho que as chances dos ingressos aqui do Rio esgotarem são grandes hein? O Citibank Hall cabe uma média de 8 mil pessoas e acho que o Oasis tem público de sobra para lotar.


Desabafo Político

Chega a ser engraçado ver os prefeitos aqui do Rio mostrando serviço logo nos primeiros dias do ano. Eduardo Paes deu uma passadinha no Salgado Filho pra vero pepino que ele vai ter encarar na saúde; Jorge Roberto Silveira vai visitar as (várias) obras inacabadas de Niterói, entre elas a Cantareira, local onde eu transito quase todo dia e que está em obra desde que eu comecei a faculdade.

Espero que esse fôlego dure os quatro anos, porque coisa pra fazer nas duas cidades é o que não falta.


Pérolas jornalísticas

Capa do jornal Meia Hora, aqui do Rio:

ex_susaninha


Marcelo Camelo no “encontros O Globo”

Nessa segunda (17/11) acontece mais um “encontros O Globo”. O entrevistado da vez é o cantor Marcelo Camelo, que responderá perguntas dos repórteres  Antônio Carlos Miguel (Segundo Caderno), William Helal Filho (Megazine) e Arthur Dapieve (Segundo Caderno). Quem quiser pode mandar pergunta pelo site do jornal ou conferir o evento ao vivo, na Rua Irineu Marinho, 35, no Centro do Rio. O horário é 19h, com senhas sendo distribuídas uma hora antes.


Porque ser contra ao Projeto Azeredo

projeto_leiazevedo

A polêmica sobre esse projeto de lei tem rolado durantes alguns meses.  A primeira coisa que fiz quando fiquei sabendo desse projeto de lei foi procurar o próprio  para ler e tentar entender o que ele quer dizer. Óbvio que eu fiquei sem entender um monte de coisa, mas o principal que cerca toda essa discussão é o carater generalista da coisa. 

O trecho mais polêmico é, sem sombra de dúvidas,  ” obter ou transferir dado ou informação disponível em rede de computadores, dispositivo de comunicação ou sistema informatizado, sem autorização ou em desconformidade à autorização, do legítimo titular, quando exigida”  A sentença enquadra várias atividades, que os tais “usuários normais”, termo usado pelo próprio Senador, mais utilizam na web hoje. Qualquer coisa hoje em dia está em rede, e qualquer informação que voce pegue pra si vira crime? No mundo em a particpação e a colaboração se proliferam na velocidade da luz?

A nossa função aqui é evoluir, aprender com erros,  melhorar tanto o que não presta quanto o que funciona também. Se tudo na internet puder virar um crime aos olhos da justiça, o mais democrático meio de comunicação e com maior maior potencial de crescimento e popularização do nosso tempo vai ser deteriorar. Se seu cachorro está com pulga, você, ao invés de exterminar a pulga, mata o seu cachorro?  

 Vai rolar inclusive um protesto pela liberdade na Internet no estilo flash mob hoje, às 18h, no Rio e em São Paulo: Se tiver afim, aí vão os endereços:

Em São Paulo: na Avenida Paulista, canteiro central, altura do número 900 (em frente ao Objetivo).

No Rio de Janeiro: na Cinelândia, em frente à Câmara Municipal.

Não podia faltar uma petição também. Clica aqui e se junte aos mais de 120 mil usuários que já se manifestaram.


Festival Internacional de Televisão

Desde o dia 3 de dezembro está acontecendo aqui no Rio o Festival Internacional de Televisão, que reúne debates, e mostra de vídeos sobre a televisão atual. A programação é toda gratuita e esse ano resolvi conferir o evento. Hoje vai ter o  debate: “Linguagem e Experimentação – Transgressão e renovação: as novas formas de humor na TV brasileira”. Conseguiram reunir bastante gente envolvida nessa renovação dos programas de humor. Quem vai compor a mesa:

Marcelo Tas (apresentador do CQC / Band),
Diego Barredo (Diretor do CQC / Band),
Cris Lobo (Diretora de prod. e programação da MTV Brasil),
Sabrina Sato (apresentadora e repórter do Pânico na TV),
Marcelo Adnet (apresentador MTV Brasil).

Vou tentar escrever alguma coisa sobre o evento.

Info:

OI FUTURO
Rua Dois de Dezembro, 63 – Flamengo
(como chegar)

Programação


Eleger para mudar

Descobri sem querer que amanhã é dia do prefeito. E não é por que é eleição municipal não. Todo dia 5 de outubro é dia do prefeito. Aquele que tem a obrigação de fazer de tudo pra melhorar a cidade que você vive.

Amanhã é dia de eleição e vou tentar fazer a melhor escolha pra minha cidade. Na última eleição para prefeito, votei no pior candidato possível e espero não cometer o mesmo erro.